PSD e CDS assinam acordo de Governo na terça-feira. Pode haver uma nova Secretaria na área da economia do mar

Partilhar nas redes sociais
  • 180
  •  
  •  
  •  
    180
    Shares

Miguel Albuquerque concorda em dar duas Secretarias ao CDS liderado por Rui Barreto.

As negociações entre o PSD e o CDS estão avançadas na Madeira. O acordo governamental deverá ser assinado na próxima terça-feira, dia 2 de Outubro, e o CDS fica com duas Secretarias Regionais, uma dedicada à economia e outra, a criar, na área da economia do mar.

“Definimos uma metodologia de trabalho semelhante ao acordo da AD de 2011, firmado entre Paulo Portas e Pedro Passos Coelho. Constituímos um Grupo de Trabalho, com 3 elementos de cada um dos partidos, para formar um acordo político, para definir como os partidos se vão relacionar, tanto na parte parlamentar como na extra-parlamentar”, diz o líder do CDS Madeira, Rui Barreto, em declarações ao Insular de Notícias.

E acrescenta Rui Barreto que, “se na reunião de terça-feira tudo correr bem, o acordo deve ficar fechado, ou, o mais tardar, na quarta, para se poder finalizar todo o acordo programático”.

O CDS Madeira pediu duas Secretarias ao presidente madeirense do PSD, uma ligada à Economia e uma segunda que “terá muito a ver com a área da economia do mar, da economia azul”, explica Rui Barreto. Ou seja, certamente será criada uma nova Secretaria Regional na Madeira.

Segundo apurou o Insular de Notícias, o PSD Madeira mostrou total abertura em dar uma pasta económica ao CDS, mas no que diz respeito à economia do mar, há ainda um trabalho a percorrer no que diz respeito às atribuições e competências dessa nova Secretaria.

O PSD Madeira ganhou as eleições regionais de 22 de Setembro, mas pela primeira vez perdeu a maioria absoluta. No entanto, com os eleitos do CDS Madeira há espaço para uma coligação governamental.

As eleições legislativas regionais da Madeira, realizadas a 22 de Setembro, foram ganhas pelo PSD (39,42%), que perdeu, pela primeira vez, a maioria absoluta, elegendo 21 dos 47 deputados.

O PS foi o segundo partido mais votado (35,76%), elegendo 19 deputados. Mas, o CDS conseguiu 5,76% dos votos e três deputados, sendo a terceira força política mais votada. Juntos, PSD e CDS Madeira têm maioria absoluta no Hemiciclo Regional, com 28 deputados.

Carlos Caldeira


Partilhar nas redes sociais
  • 180
  •  
  •  
  •  
    180
    Shares