Magistrados avançam para buscas na Santa Casa de Ponta Delgada por suspeitas de crime

Partilhar nas redes sociais
  • 7
  •  
  •  
  •  
    7
    Shares

Os procuradores do Ministério Público acreditam que podem ter ocorrido crimes de peculato e abuso de poder perpetrados por elementos da Mesa Administrativa da Santa Casa da Misericórdia de Ponta Delgada. A PJ já entrou e está a averiguar.

O jornal Açoriano Oriental avança na sua edição desta sexta-feira, 15 de Novembro, que a Procuradoria do Ministério Público da Comarca dos Açores confirma a existência de buscas pela suspeita dos crimes de peculato e abuso de poder nesta instituição.

O caso foi denunciado pelo Instituto da Segurança Social dos Açores, em junho de 2018 e a Polícia Judiciária (PJ) avançou dia 14 com uma acção de busca domiciliária na Santa Casa da Misericórdia de Ponta Delgada, no âmbito de uma investigação que pretende apurar se foram praticados crimes de peculato e abuso de poder por membros da Mesa Administrativa da instituição.

Segundo as informações apuradas pelo mesmo jornal açoriano, os investigadores da PJ estiveram durante, praticamente, todo o dia a recolher documentação que será analisada durante o inquérito.

Foto: Jornal Médico

 


Partilhar nas redes sociais
  • 7
  •  
  •  
  •  
    7
    Shares