Gerinçonça encravada! António Costa trai “primos” do BE, elogia os do PCP e faz olhinhos ao PAN

Partilhar nas redes sociais
  • 115
  •  
  •  
  •  
    115
    Shares

É o fim da Geringonça que governou Portugal durante os últimos quatro anos. A mês e meio das Eleições Legislativas, o actual primeiro-ministro critica a coligação liderada por Catarina Martins e deixa as bloquistas ofendidas. E até já pisca o olho ao PAN.

António Costa deu uma entrevista ao semanário Expresso onde pediu um “reforço claro [dos votos] no PS” nas próximas eleições de 6 de outubro e acusou os “primos” do Bloco de Esquerda (BE), que o mantiveram quatro anos no poder, de viverem “na angústia de ter de ser notícia todos os dias”.

Marisa Matias, a eurodeputada do BE reagiu às declarações de Costa e disparou: “Enquanto o PS precisou de parceiros nunca fez caricaturas de mau gosto”, mas vem agora, a pouco menos de mês e meio das eleições, admitir, caso vença as Legislativas, sem maioria absoluta, colocar um ponto final na Geringonça e governar noutros cenários, incluindo em minoria e sem acordos assinados.

O que Costa não quer, pelos vistos, é “um cenário à espanhola, com um PS fraco e o nosso ‘Podemos’ [o BE] forte. Isso seguramente inviabilizaria a estabilidade política”, defendeu. Não contente com o facto de ter descartado o apoio claro do BE, o líder socialista acrescentou que a coligação comandada por Catarina Martins "vive na angústia de ser notícia todos os dias".

Já em relação ao PCP, um velho parceiro de António Costa desde os tempos da presidência na Câmara de Lisboa, o discurso foi bem mais contido. Elogiou a “maturidade institucional” dos comunistas e disse ser “muito fácil trabalhar com eles”.

Apesar de reconhecer que “sem o apoio de PCP e Bloco de Esquerda” não teria havido Governo, António Costa não descarta agora ir à procura de novos parceiros, como o PAN, após conhecer o resultado a 6 de outubro. “Na noite das eleições veremos qual é o cenário”, deixou em aberto.

Ilustração: David Parkins/The Economist


Partilhar nas redes sociais
  • 115
  •  
  •  
  •  
    115
    Shares